dezembro 26, 2017

[Livros] Entre As Estrelas - Katie Khan

Título Original: Hold Back The Stars
Autor: Katie Khan
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 280
Gênero: Distopia, Ficção Científica
País: Reino Unido
ISBN: 9788528621815
Classificação: ★

_______________

Ficção científica distópica, Entre As Estrelas me surpreendeu com um romance daqueles que vão ficar para sempre na memória. Repleto de metáforas e questionamentos filosóficos, o livro de Katie Khan conquistou meu coração e o destruiu por completo ao narrar a história de um casal que luta contra as regras de uma sociedade opressora onde o amor não tem lugar e precisa esperar. Esperar, quando tudo o que menos temos é tempo. 

Max e Carys são membros da AEVE, uma agência espacial que tenta há anos descobrir uma forma de atravessar o cinturão de asteroides ao redor da Terra. Em um planeta devastado pelas guerras e refém de um sistema de governo autoritário, o confinamento que os impede de explorar a galáxia torna o futuro ainda mais incerto. Os dois cosmonautas são, então, enviados em uma missão inédita, mas acabam sofrendo um grave acidente e são arremessados no vácuo do universo.

Com apenas noventa minutos de oxigênio e poucas chances de sobrevivência, os dois relembram a jornada que percorreram e o quanto amam um ao outro. O tempo que sempre lhes pareceu inesgotável é cruelmente essencial e cada segundo os aproxima mais do fim. 

É difícil escrever sobre esse livro porque as lágrimas atrapalham a digitação e as estrelas parecem bem mais brilhantes essa noite. O universo - a coisa que mais me fascina - é o cenário dessa distopia e em meio a flashbacks sobre a vida na Terra, conhecemos os dois jovens que se apaixonaram no momento errado e foram punidos por isso.

Entre As Estrelas é sobre amar alguém mais do que a quantidade de estrelas no céu e lutar até o fim para protegê-lo. É o paradoxo de ser nada além de poeira das estrelas ao mesmo tempo que se é o universo inteiro de alguém. Esse livro me levou ao céu e me deixou lá, no vácuo, olhando para a Terra e tentando entender como tudo é lindo visto de cima.

"- Vamos fazer uma brincadeira - disse ele um dia, no apartamento de Carys, junto ao mar. - Complete essa frase. Quando os asteroides destruírem a Terra em pedacinhos, quero estar...
Ela pensou no assunto.
- Bem acima deles, observando tudo lá de cima. E você?
- Na cama com você." (p. 118)

Sinopse: Um romance futurista surpreendente sobre o impacto do primeiro amor e como nossas escolhas podem mudar o destino de todos ao nosso redor. Perfeito para os fãs Um Dia e Gravidade. Num futuro não muito distante, após a aniquilação dos Estados Unidos e do Oriente Médio, a Europa nada mais é que uma utopia na qual, a cada três anos, a população se muda para uma nova comunidade multicultural. 

Em um desses paraísos, Max conhece Carys, e é amor à primeira vista. Ele logo percebe que Carys é a pessoa com quem deseja passar o resto da vida - uma decisão impossível nesse novo mundo.

Conforme o relacionamento dos dois se desenvolve, a conexão entre o tempo deles na Terra e o dilema atual no espaço vai sendo revelado. À deriva entre as estrelas, com apenas noventa minutos de oxigênio, eles concluem que só um deles tem a chance de sobreviver. Mas quem?

"- Então vamos conversar.
- Não há nada melhor do que passar os últimos minutos da sua vida - diz Max - conversando com a pessoa mais sensacional que você já conheceu." (p. 151)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...