dezembro 30, 2017

[Livros] Moletom - Julio Azevedo

Título Original: Moletom
Autor: Julio Azevedo
Editora: Globo Alt
Páginas: 168
Gênero: Ficção, YA
País: Brasil
ISBN: 9788525063373
Classificação: ★★★
_______________

Fofo, sensível e repleto de ilustrações lindas, Moletom é o tipo de leitura que aquece o coração num dia frio. Sem trazer um enredo muito complexo ou grandes reviravoltas, Julio Azevedo narra uma história como quem compartilha uma memória da juventude e nos conquista justamente por ser tão real quanto um dos amores que já vivemos.

Pedro está tentando encontrar a si mesmo enquanto foge de uma vida que não o compreende. Sonhando ser escritor, o jovem se vê escrevendo o próximo capítulo de sua própria história quando faz um amigo que poderá ajudá-lo a terminar seu livro. Essa amizade cheia de sentimento e compreensão é tão pura e espontânea que cada um dos rapazes não percebe o quanto passam a significar um para o outro. 

Os traços característicos de Julio Azevedo tornam a obra completa e complementam o texto com doçura, refletindo sentimento. Moletom não traz uma história de amor épica ou um grande drama capaz de destruir corações, pelo contrário, é um dos nossos tão conhecidos amores de verão - apesar de não se passar especificamente no verão, ok? É um daqueles romances que tem prazo de validade mas marcam nossa vida para sempre.

Se apaixonar nem que seja passageiramente é sentir a plenitude de estar vivo e mesmo que esse amor nos machuque depois do fim, a lembrança da felicidade permanecerá intocada. De momentos especiais é composta a nossa vida, ilustrações mentais de tudo o que conhecemos, cada uma delas única e imcomparável. Moletom é o retrato de uma bela história que pedia para ser contada com palavras e desenhos mas, acima de tudo, amor. 

"- Você já ouviu falar na palavra kaukokaipuu?
Confessei que mesmo trabalhando com palavras e sendo um velho amigo delas, nunca tinha ouvido essa antes. Voltando a olhar para o céu acima de nós, ele respondeu:
- Bem é um sentimento complexo. Na verdade, é uma palavra finlandesa que nem tem tradução para o português. É tipo quando você sente falta de um lugar que nunca visitou. Kaukokaipuu é tipo aquela sensação de ser um velho amigo de alguém que você acabou de conhecer. Pode parecer bizarro, mas é assim que eu me sinto em relação a você." 
(p. 57)

Sinopse: Em 'Moletom', Julio Azevedo — o jovem autor da página de mesmo nome do Facebook — mostra, por meio de uma narrativa envolvente e ilustrações poéticas, que não adianta tentar fugir dos problemas: eles nos perseguem até que os encaremos de frente. Seu protagonista, Pedro, está fugindo de algo. 

Ele acaba de chegar em uma nova cidade, onde ficará hospedado na casa da tia por algum tempo, e essa mudança representa para ele um recomeço, um escape de algo que está causando uma grande angústia. Assim que chega a esse novo ambiente, no entanto, ele conhece Lucas, um garoto que despertará exatamente os sentimentos que ele estava tentando evitar.

"É como se fôssemos feitos de pequenos encaixes.
E eu sempre sentia que estava faltando uma maldita peça." (p. 136)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...