dezembro 24, 2017

[Livros] Tipos Incomuns - Tom Hanks

Título Original: Uncommon Types
Autor: Tom Hanks
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Gênero: Contos, Histórias, Ficção
País: EUA
ISBN: 9788580417807
Classificação: ★★★★
_______________

Uma coletânea de histórias do diretor, produtor, redator e ator Tom Hanks, Tipos Incomuns é uma mistura de sensibilidade e humor. A narrativa traz um contraste de histórias incomuns vividas por personagens que são, pelo contrário, bem ordinários, parecidos com qualquer um de nós. Cada texto tem apenas um elo em comum com os outros - uma máquina de escrever. A paixão do autor pelo objeto transparece em sua escrita e a forma como envolve a datilografia em suas histórias faz com que também nos encantemos pela magia dos tipos.

A heterogeneidade de temas e abordagens torna as histórias de Tom Hanks surpreendentes. Algumas delas terminam sem uma conclusão enquanto outras trazem reviravoltas inteligentes. Cada temática escolhida é contemporânea e aborda problemas com os quais estamos ou deveríamos estar lidando. A falta de trabalho para imigrantes, os desafios da vida moderna, o desejo de parar o tempo, a frenética vida de fama, as lembranças que nos levam de volta aos bons tempos, a busca incansável pelo perfeccionismo que arruína vidas, entre outros. 

É impossível não ler esse livro e traçar paralelos entre grandes personagens interpretados por Tom Hanks e os criados por ele. Em tons de comédia, melancolia, crítica e até mesmo um apego nostálgico pelo passado, seus textos são consistentes, deliciosos de ler. Destaco entre os meus favoritos: "De Volta Ao Passado", "Quem É Quem?", "Uma Viagem À Cidade Luz" e "O Passado É Importante Para Nós". Minha predileção pela temática "tempo" fica bem explícita nessa seleção. 

Eu não me surpreendi por ter me tornado fã do Hanks escritor, afinal, seu trabalho de atuação é magnífico e só mesmo alguém que conseguiu viver tantas vidas numa só, poderia escrever com a propriedade de quem, de fato, as viveu. Seja em um computador ou em uma máquina de escrever, as histórias desse livro tomaram vida, de maneira sensível e singular. Cada tipo compõe um trecho de uma história incomum como, curiosamente, são as nossas.

"Se alguma vez encontrar Al Bean novamente, vou lhe perguntar como foi a vida desde que cruzou duas vezes a equigravisfera. Ele sofre de melancolia numa tarde tranquila, enquanto o mundo gira no modo automático? De vez em quando vou me sentir triste, porque nada é tão maravilhoso quanto cortar Dufay ao meio?" (p. 136)


Sinopse: Um affaire agitado e divertido entre dois grandes amigos. Um ator medíocre que se torna uma estrela e se vê em meio à frenética viagem de divulgação de um filme. O colunista de uma cidadezinha com um ponto de vista antiquado sobre o mundo. Uma mulher se adaptando à vida na nova vizinhança após o divórcio. Quatro amigos e sua viagem de ida e volta à Lua num foguete construído num fundo de quintal.

Essas são apenas algumas das pessoas e situações que Tom Hanks explora em sua primeira obra de ficção. Os contos têm algo em comum: em todos, uma máquina de escrever desempenha um papel — às vezes menor, às vezes central.

Conhecido por sua sensibilidade como ator, Hanks traz essa característica para sua escrita. Ora extravagante, ora comovente, ocasionalmente melancólico, Tipos incomuns deleitará e surpreenderá seus milhões de fãs.

"- Passarinha - disse Bob. - Comece com uma nova você antes de tudo." (p. 152)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...