janeiro 09, 2018

[Livros] Histórias Extraordinárias - Edgar Allan Poe

Título Original: The Extraordinary Tales
Autor: Edgar Allan Poe
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 448
Gênero: Ficção, Contos
País: EUA
ISBN: 9788535930030
Classificação: ★★★
_______________

Uma coletânea com os melhores e mais importantes contos de Edgar Allan Poe por José Paulo Paes, Histórias Extraordinárias é uma obra-prima desde a escolha dos textos até sua diagramação. A edição capa dura e ilustrada publicada pela Companhia das Letras é absolutamente linda e ainda conta com textos de Cortázar, Baudelaire e Jorge Luis Borges sobre o trabalho de Poe.

Os contos de Poe são únicos, mesmo que traduzidos, seus textos transmitem sensações e sentimentos perturbadores, instigadores que nos levam à uma imersão completa dentro desse universo sombrio. Não se trata de terror basicamente, é uma mistura de suspense e loucura que funciona como um catalisador para o incômodo. Não medo, os textos de Poe não dão medo, eles perturbam, fazem pensar.

Suas tramas geralmente trazem acontecimentos estranhos, em muitos casos, envolvendo insanidade mental, desequilíbrio psicológico ou falhas de caráter humanas. A todo momento o leitor questiona o que é real e o que não é nas histórias e, no final das contas, nada disso importa, essa inquietação que o autor transmite é o verdadeiro objetivo. Há também uma esfera de questionamentos políticos e filosóficos que, obviamente, foram escritos à luz de outros problemas sociais, mas ainda se encaixam na contemporaneidade. 

Dentre seus textos mais famosos (e perturbadores) destaco os meus favoritos: Ligeia, O Gato Preto e O Coração Delator. Os três prendem nossa atenção do começo ao fim com um clima soturno, tão característico da escrita de Edgar Allan Poe que leva a um final chocante e mostra que provavelmente estivemos prendendo também a respiração durante a leitura. 

Senti falta, apesar de entender que esta é uma coletânea de "histórias", do tão famoso poema 'O Corvo', um dos textos mais belos do autor, talvez como uma introdução a tal mundo melancólico e sombrio. De qualquer forma, o livro é fantástico, tão genial quanto seu autor e mesmo para os que já são amantes de longa-data dos clássicos de Edgar Allan Poe, recomendo essa edição nada menos que extraordinária.

"Mas quando teve a humanidade jamais satisfeitas as suas esperanças?" (p. 41)

Sinopse: A edição ilustrada inclui textos de Charles Baudelaire, Jorge Luis Borges e Julio Cortázar, que reverenciam o estilo hipnotizante do escritor mais sombrio de todos os tempos.

Histórias extraordinárias reúne dezoito contos assombrosos de Edgar Allan Poe, com seleção, apresentação e tradução do poeta José Paulo Paes. Este livro traz, entre outras obras-primas do mestre do suspense e do mistério, “A carta roubada”, “O gato preto”, “O escaravelho de ouro”, “O poço e o pêndulo” e “O homem da multidão”.

O caráter macabro das histórias, dotadas de profundidade psicológica e imersas em uma atmosfera eletrizante, continua a conquistar novos leitores e a afirmar sua condição de clássico. Nas palavras de Paes, “Poe sempre consegue […] provocar-nos aquele arrepio de morte ou aquela impressão de vida que, em literatura, constituem o melhor, senão o único, passaporte para a imortalidade”.

"Tempo virá, porém, em que poderá o senhor julgar por si mesmo o que vai pelo mundo afora, sem se fiar nos falatórios do povo. Não creia em nada do que lhe contarem, nem creia senão na metade do que puder ver." (p. 121)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, opinião ou crítica. Prometo lê-las com carinho. Mil beijos, Mari Siqueira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...